No âmbito da disciplina de Área de Projecto, vamos estudar os aromas de diversos tipos de plantas, flores e frutos. Iremos caracterizar alguns tipos de fontes aromáticas, indicando a composição química responsável pelo factor sensorial que é bastante importante para as escolhas de certos produtos.    

   Inquérito  

         (Colabora respondendo ao nosso inquérito sobre preferências em aromas)  

 

   Análise do aroma dos morangos

__________________________________________________________________________________________________   

Aromas: o que são e como os percebemos

Aromas são compostos químicos voláteis facilmente perceptíveis pelos órgãos olfactivos dos animais. Normalmente, chamam-se aromas a substâncias com um cheiro agradável e que, por isso, são utilizadas na culinária, no fabrico de perfumes e noutros em que eventualmente se pretenda disfarçar um cheiro desagradável.   

 O sentido do olfacto é produzido pela estimulação do epitélio olfactivo, localizado no cimo das cavidades nasais, cuja ampliação e constituição estão representadas na figura ao lado.   

O olfacto humano é pouco desenvolvido em relação ao dos outros mamíferos. O epitélio olfactivo humano contém cerca de 20 milhões de células sensoriais. O epitélio olfactivo é tão sensível que poucas moléculas são suficientes para estimulá-lo, produzindo a sensação de odor.   

A resposta imediata perante a sensação de um determinado tipo de odor pode desencadear uma sensação positiva ou negativa, provocando o desejo de aproximação ou de rejeição. O mesmo pode acontecer, por exemplo, numa situação de rejeição de um tipo de alimento, que pode ter sido causada ocasionalmente por um mau estar que possa ter ocorrido num momento certo. Assim, essa repulsão será decisiva, tornando-se bastante difícil a sua eliminação.   

Um cheiro pode ter uma intervenção intensa a nível psicológico, isto é, podendo um aroma ser inesperado e momentâneo, este pode marcar eternamente um instante da nossa vida.
 

________________________________________________________________________________________    

Biodiversidade Botânica e Estruturas Químicas dos Compostos do Aroma 

Estruturas Químicas de alguns Compostos do Aroma

Etanoato de isobutilo ou acetato de isobutilo um dos compostos responsáveis pelo aroma de morango.  

Massa Molecular = 116,16 

Fórmula Molecular = C6H12O2 

Morango: Fruto de uma planta da família Rosaceae, é conhecido não só pelo seu agradável aspecto mas também pelo seu aroma fresco e doce.

   Mentol é a substância responsável pelo aroma de menta. 

Massa Molecular = 156,27 

Fórmula Molecular = C10H20O

 

 

   Geraniol composto responsável pela fragrância característica de rosa.

Massa Molecular = 154,25 

Fórmula Molecular = C10H18O

   

Alfa-irone é o responsável pela fragrância característica de violeta.

Massa Molecular = 206,33

Fórmula Molecular = C14H22O 

 ________________________________________________________________________________________  

Umas das principais fontes de aromas naturais são as ervas aromáticas.   

As plantas aromáticas, como o próprio nome indica, são plantas que emanam fragrâncias das suas folhas, caules, sementes, raízes, vagens ou flores, que podem ser mais ou menos intensas.  

Plantas

     Alfazema  

   (Lavandula angustifolia) Cresce principalmente nas regiões quentes do Mediterrâneo, encontrada aclimatada e nativa em diferentes pontos do globo. Esta planta é bastante conhecida devido ao seu aroma tranquilizante.  

     Alecrim  

(Rosmarinus officinalis) Pequenos arbustos, muito ramificados, de folhas opostas, estreitas, persistentes, de flores axilares, ligeiramente azuladas. Cresce em abundância na região mediterrânica. É bastante usada na culinária devido ao seu agradável aroma.  

     Coentro  

(Coriandrum sativum) Tem,  provavelmente, origem no leste da bacia mediterrânica. É bastante usado na culinária devido às características do seu aroma.  

     Hortelã  

(Mentha spicata) Conhecida  por hortelã-das-hortas,  hortelã-comum, hortelã-das-cozinhas, hortelã-dos-temperos ou simplesmente hortelã, é uma planta herbácea perene, da família Lamiaceae (Labiadas), atingindo 30-100 cm. É das ervas aromáticas mais conhecidas pelo seu aroma fresco.  

Flores

     Rosa  

(Rosa spp) Pertence à família Rosaceae e ao género Rosa L., com mais de 100 espécies, e milhares de variedades, híbridos e cultivares. Apresenta  características muito conhecidas: muitas pétalas e um aroma  forte.  

     Violeta  

(viola odorata)  Pertencente à família Violaceae, inclui várias espécies popularmente conhecidas como violetas e amores-perfeitos. É conhecida não só pela sua cor mas também pelo seu agradável aroma.  

Frutos

     Pêssego  

     Morango  

Fruto de uma planta da família Rosaceae, é conhecido não só pelo seu agradável aspecto mas também pelo seu aroma fresco e doce.  

   

___________________________________________________________________________________________  

 Mónica Correia (12º C), Luísa Repolho (12ºC), Nico Almeida (12º C)    

 2009/2010

Orientação do Projecto: Professora Laila Ribeiro

__________________________________________________________________________  

   

   

   

   

   

  

 

   

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s